8 de junho de 2010

Rob roubou a cena e um beijo de Kristen no MMA

Ao passo que os Team Edward se preparam para cantar vitória sobre os Team Jacob nesse mês quando A Saga Crepúsculo: Eclipse finalmente chegar aos cinemas, os Twihards deixaram claro que ainda não celebraram o suficiente o esplendor que foi Lua Nova.
A continuação ‘vampirífica’ foi nomeada Melhor Filme do 2010 MTV Movie Awards nesse domingo e presenciou sua força se estendendo a cinco categorias ao todo, mais uma prova de que os jovenzinhos que votam para esse tipo de coisa não se importam nada com o que os críticos dizem, eles só querem ver a sua Ed TV.

E é irônico que agora exista um prêmio para Melhor Momento Que Porr* é Essa, considerando que toda a transmissão foi, na verdade, uma seqüência de momentos QPéE (WTF Moments). Alguns foram dolorosamente ruins (um 10 pelo esforço, apresentador Aziz Ansari) mas, felizmente, muitos ficaram na zona do bem engraçado e obviamente hilário.
Primeiro de tudo, talvez sentindo a presença de sangue cinematográfico por perto de novo, Robert Pattinson e o seu super curto corte de cabelo dominaram a noite.

O galã Britânico levou para casa a liderança com três baldes de pipoca dourada, incluindo o inédito baldinho por Super-Estrela Global (Global Superstar), uma escolha dos fãs onde ele superou os dois colegas super-estrela de Twilight e também Zac Efron e Johnny Depp.
Pattinson também ganhou Melhor Performance Masculina (Best Male Performance), depois da qual ele afetuosamente agradeceu os seis pais por terem concebido ele e a diretora de Crepúsculo, Catherine Hardwicke, “a quem eu devo muito agora, tipo tudo.”
Kristen Stewart, ganhadora da Melhor Performance Faminina (Best Female Performance) por Lua Nova, deu um de seus já habituais não-discursos, primeiro pedindo às estrelas de Grownups, que entregaram o prêmio a ela, se eles “querem fazer isso por mim?”
“Muito obrigada. Acho que Twilight é mesmo incrível, e eu concordo. Whoo!” ela fez o gesto de por os polegares para cima. “Quero dar um oi para [o Diretor] Chris Weitz, eu não falo com ele faz um tempinho. Ele dirigiu o filme. Quão legal é isso, certo? Eu vou desejar paz e agradecer muito a todos vocês.”
Pattinson, sentado com o seu joelho praticamente abaixo do seu queixo, parecia positivamente encantado o tempo todo. E isso deve ter evocado o seu diabinho interior porque, quando ele e Stewart o seu segundo percurso (mesmo número de vezes que concorreram) ao palco para aceitar a pipoca de Melhor Beijo (Best Kiss), ele não deixou a sua colega se livrar com a conversinha habitual de “eles precisam usar muita fumaça e espelhos para que fiquemos bonitos beijando,” e plantou um beijo nela de qualquer jeito quando ela baixou a sua guarda.
Stewart de alguma maneira conseguiu evitar a combustão espontânea.
Outros destaques:
• O filho de Will Smith, Jaden, mais conhecido como O (próximo) Karate Kid, deu uma série de golpes de karate no explosivo executivo do estúdio Les Grossman, também conhecido como o muito engraçado Tom Cruise disfarçado em seu personagem do filme Tropic Thunder.
• A coreografia de Les Grossman com Jennifer Lopez. Nunca gostamos tanto de Cruise ou J.Lo quanto agora.
• Sandra Bullock permanece totalmente adorável e engraçada enquanto aceitou o prêmio Generation Award por suas significativas conquistas nas telonas. Enquanto isso Scarlett Johansson estava ótima mas não chega aos pés de Meryl Streep, em termos de beijo.
• Cada segundo em que Jonah Hill e Russell Brand apareceram na câmera, desde o frenético beijo durante a seqüência inspiradora da Câmera do Beijo (Kiss Cam) (Zac e Vanessa podiam aprender com eles) até o debate Team Edward / Team Jacob e também quando Brand repetidamente chamou o Sean “Diddy” Combs de “Puffy.” Eles foram incríveis. (E Brand ganha pontos extra por ficar de pé e parecer encantado durante a performance da noiva de cabelo azul Katy Perry com a música “California Gurls”.)
• O trailer de The Harry Potter and the Deathly Hallows trailer. Edward quem?
• Ken Jeong de Se Beber Não Case (The Hangover ) ficou surpreendentemente sério, em um momento doce, quando aceitou o prêmio de Melhor Momento que Porr* é Essa (Best WTF Moment) – em especial por sua cena com pequenas partes de nudez – ele gratamente informou ao público que sua amada esposa está livre do câncer de mama há dois anos.
• Mark Wahlberg relembrando dois momentos bizarros da premiação passada da MTV, primeiro quando ele chamou o colega de The Other Guys, Will Ferrell – “Você disse que eu ia aterrizar na Eva Mendes como o Sacha Baron Cohen aterrizou no Eminem!” – enquanto suspenso de cabos sobre o palco. Depois ele ameaçou o vencedor de Melhor Vilão (Best Villain) Tom “Draco Malfoy” Felton, “Eu Taylor Swiftaria o seu traseiro se eu pudesse descer até aí!” enquanto ele e Ferrell continuavam pendurados lá em cima.
Ainda bem que ninguém Taylor-Swiftou o traseiro de ninguém, e o show se encerrou em justas duas horas, sem nenhum pedido de desculpas necessário de nenhum dos participantes.
Aqui está a lista completa dos ganhadores do 2010 MTV Movie Awards:
Melhor Filme (Best Movie): The Twilight Saga: New Moon
Melhor Performance Feminina (Best Female Performance): Kristen Stewart, New Moon
Melhor Performance Masculina (Best Male Performance): Robert Pattinson, New Moon

Melhor Estrela Revelação (Best Breakout Star): Anna Kendrick, Up in the Air
Melhor Performance com o C* na Mão (Best Scared-as-Sh-t Performance): Amanda Seyfried, Jennifer’s Body
Maior Estrela Fodona (Biggest Badass Star): Rain, Ninja Assassin
Melhor Performance Cômica (Best Comedic Performance): Zach Galifianakis, The Hangover
Melhor Vilão (Best Villain): Tom Felton, Harry Potter and the Half-Blood Prince
Melhor Beijo (Best Kiss): Kristen Stewart and Robert Pattinson, New Moon
Melhor Luta (Best Fight): Beyoncé and Ali Larter, Obsessed
Melhor Momento Que Porra é Essa (Best WTF Moment): Ken Jeong, The Hangover
Super-Estrela Global (Global Superstar): Robert Pattinson
Prêmio da Geração (Generation Award): Sandra Bullock

Nenhum comentário:

Postar um comentário