20 de junho de 2010

Kristen fala sobre Música e sobre Joan Jett

O quanto você sabia sobre a Joan antes de interpretá-la? Você era fã da música dela?
Eu era fã da música dela, tipo, em LA você cresce escutando o rádio, é muito bom. Havia uma estação de rádio muito boa que tocava o que você realmente escuta – então eu sabia quem era a Joan Jett, mas não sabia quem eram as The Runaways. Elas eram meio esquecidas, ninguém da minha idade sabia quem elas eram, mas agora sabem!

Ela é bem legal, certo?
Ela é muito doce. Pelos detalhes foi bem estressante captá-la. Ela é uma pessoa muito dinâmica, e ela tem tantos fãs e pessoas que a conhecem distintamente.
Foi difícil “captá-la”?
Musicalmente ela tem a voz mais estranha, ela tem a voz mais legal. Eu por sorte tocava guitarra, mas eu tive que aprender a coisas dela e o estilo dela.
Ela é canhota, mas toca com a mão direita, certo?
Sim, ela é canhota, mas por sorte toca guitarra normal. Há uma cena em que ela está assinando o seu contrato e eu tive que fazer com a minha mão esquerda.
O que você está escutando no momento?
Eu estou escutando Camera Obscura no momento. Minha banda favorita é Interpol, e eu estou ouvindo muito Broken Bells também. Eles são a nova banda da vocalista do The Shins. Eu escuto muita música no carro e nos aeroportos, eu estou sempre indo a algum lugar, então eu tenho a chance de ouvir muita música no meu iPod. Eu também gosto de The Smiths. Eu realmente nuca fui uma fã deles, mas estou começando a gostar agora. Eu ainda danço no meu quarto fingindo que sou Morrissey, o que é engraçado, é tão emo. A Minha música favorita dos Smiths é Vicar In A Tutu—eu escuto as coisas de novo e de novo até que eu as conheça muito bem, mas essa música é difícil, eu tive que procurar a letra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário